Loja de Medicamentos Especiais. Loja de Medicamentos Especiais. Loja de Medicamentos Especiais.

0 Seu Carrinho
Seu Carrinho está vazio
Navegue por nossa loja e encha seu carrinho com as melhores ofertas!
Atendimento: (21) 3559-7060
delivery@integralmed.com.br
Mais Visões

Sandostatin - 0,1mg injetável, caixa com 5 ampolas com 1ml

Ativo: Octreotida Registro MS: 1.0068.0009/002-5
De: R$375,84 Por: R$343,53
à vista no boleto R$333,22
ok + -
10x de R$41,84 1,99% a.m.
  • 1x de R$343,53
    sem juros
  • 2x de R$171,77
    sem juros
  • 3x de R$114,51
    sem juros
  • 4x de R$92,93
    Total R$371,70
    1,99% a.m.
  • 5x de R$75,82
    Total R$379,10
    1,99% a.m.
  • 6x de R$64,44
    Total R$386,64
    1,99% a.m.
  • 7x de R$56,33
    Total R$394,34
    1,99% a.m.
  • 8x de R$50,27
    Total R$402,18
    1,99% a.m.
  • 9x de R$45,58
    Total R$410,19
    1,99% a.m.
  • 10x de R$41,84
    Total R$418,35
    1,99% a.m.
Simulador de frete
Descrição

Sandostatin

Para que serve

Acromegalia

Controle dos sintomas e redução dos níveis de hormônios que estão aumentados (hormônio de crescimento e IGF-1) em pacientes com acromegalia.

Tumores neuroendócrinos

Alívio dos sintomas associados com tumores endócrinos gastroenteropancreáticos funcionais:

  • Tumores carcinoides com características da síndrome carcinoide;
  • VIPomas;
  • Glucagonomas;
  • Gastrinomas/síndrome de Zollinger-Ellison, geralmente em associação com terapia inibidores da bomba de prótons ou com antagonista-H2, com ou sem antiácidos;
  • Insulinomas, para controle pré-operatório de hipoglicemia e terapia de manutenção;
  • GHRHomas.

Sandostatin não constitui terapia antitumoral e não tem efeito curativo em tais pacientes:

  • Controle de diarreia refratária associada com AIDS;
  • Prevenção de complicações após cirurgia pancreática;
  • Controle emergencial para cessar o sangramento e proteger contra o ressangramento causado por varizes gastroesofágicas em pacientes com cirrose. Sandostatin deve ser usado em associação com tratamento específico, como a escleroterapia endoscópica.

Como o Sandostatin funciona?


Sandostatin apresenta como substância ativa a octreotida, derivado sintético da somatostatina, que atua como inibidor da liberação de hormônio do crescimento, glucagon e insulina.

Contraindicação

Os pacientes que apresentarem reações alérgicas à octreotida ou a qualquer componente da formulação não devem utilizar Sandostatin.

Como usar

Dependendo da condição sendo tratada, Sandostatin é administrado através de injeção subcutânea (sob a pele) ou infusão intravenosa (em uma veia).

Seu médico ou enfermeira irá explicar como aplicar Sandostatin sob a pele, mas a infusão em uma veia deve ser sempre realizada por um profissional de saúde.

Injeção subcutânea

Os braços, coxas e abdômen são boas áreas para a injeção subcutânea.

Escolha um novo local para cada injeção subcutânea para não irritar uma área específica. Pacientes que irão aplicar a injeção em si mesmos devem receber instruções precisas do médico ou enfermeiro.

Para reduzir a dor no local da injeção recomenda-se que, se mantida na geladeira, a ampola/frasco deve atingir a temperatura ambiente. Você pode aquecê-lo em sua mão, mas não utilizar calor.

Infusão intravenosa (para profissionais de saúde)

Sandostatin (acetato de octreotida) é fisicamente e quimicamente estável por 24 horas em soluções estéreis de soro fisiológico estéril ou soluções de dextrose (glicose) 5% em água. No entanto, Sandostatin pode afetar a homeostase da glicose, recomenda-se o uso de soluções de soro fisiológico em vez de dextrose.

As soluções diluídas são física e quimicamente estáveis durante pelo menos 24 horas, abaixo de 25°C. Do ponto de vista microbiológico, a solução diluída deve preferencialmente ser utilizada imediatamente. Se a solução não for usada imediatamente, o armazenamento antes da utilização é de responsabilidade de quem for administrar e deve ser feito entre 2 a 8° C. Antes da administração, a solução deve atingir novamente à temperatura ambiente.

O tempo utilizado entre a reconstituição, diluição com os meios de infusão, armazenamento em geladeira e o final da administração não deve ser superior a 24 horas.

Quando Sandostatin for administrado como infusão intravenosa, o conteúdo de uma ampola de 0,5 mg deve normalmente ser diluído em 60 mL de solução salina, e a solução resultante deve ser administrada por meio de uma bomba de infusão. Isto deve ser repetido quantas vezes forem necessárias até que a duração prevista do tratamento seja alcançada.

Antes de utilizar uma ampola de Sandostatin, verificar se há partículas na solução ou mudança de cor. Não utilizá-la se você verificar algo incomum.

Para evitar a contaminação da tampa dos frascos multidose, o mesmo não deve ser perfurado mais que 10 vezes.

A dose de Sandostatin depende da condição a ser tratada.

Acromegalia

O tratamento geralmente é iniciado com 0,05 a 0,1 mg a cada 8 ou 12 horas por injeção subcutânea. Em seguida, é alterado de acordo com o seu efeito e alívio dos sintomas (tais como cansaço, suor e dor de cabeça).

Na maioria dos pacientes a dose ótima diária vai ser de 0,1 mg 3 vezes/dia. A dose máxima de 1,5 mg/dia não deve ser ultrapassada.

Tumores do trato gastrointestinal

O tratamento geralmente é iniciado com 0,05 mg uma ou duas vezes ao dia por via subcutânea. Dependendo da resposta e tolerabilidade, a dose pode ser gradualmente aumentada para 0,1 mg a 0,2 mg 3 vezes/dia.

Em tumores carcinóides, o tratamento deve ser interrompido se não houver melhora após 1 semana de tratamento com a dose máxmia tolerada.

Diarreia resistente ao tratamento convencional em pacientes que sofrem de AIDS

A dose inicial sugerida é de 0,1 mg 3 vezes/dia por via subcutânea. Se a diarreia não for controlada após 1 semana de tratamento, a dose pode ser aumentada lentamente até 0,25 mg 3 vezes/dia, se necessário.

Se, depois de 1 semana com esta dose, não houver melhora, o tratamento deve ser interrompido.

Complicações após cirurgia pancreática

A dose habitual é de 0,1 mg 3 vezes/dia por via subcutânea durante 1 semana, começando pelo menos 1 hora antes da operação.

Varizes gastroesofágicas sangrantes

A dosagem recomendada é de 25 microgramas/hora, durante 5 dias por infusão intravenosa contínua. O acompanhamento do nível de açúcar no sangue é necessário durante o tratamento.

Se você tiver cirrose hepática (doença hepática crônica), seu médico pode achar necessário ajustar a dose de manutenção.

Se você tem a impressão de que o efeito de Sandostatin é forte demais ou fraco demais, fale com o seu médico ou farmacêutico.

A duração do tratamento é conforme orientação médica.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Sandostatin? 


Administre uma dose logo que se lembrar e continue como de costume. Não haverá mal nenhum se você esquecer uma dose, mas alguns sintomas temporários poderão reaparecer.

Não tome uma dose dupla para compensar doses individuais esquecidas.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Avaliações de Clientes
Resumo
Avaliações

Esse produto ainda não foi avaliado.

Seja o primeiro!

Faça sua avaliação
Você está avaliando: Sandostatin - 0,1mg injetável, caixa com 5 ampolas com 1ml
O que dizem nossos clientes
  • Filipe Vidotti
  • 10/07/2019
Avaliado como Positivo
Fiz minha primeira compra e gostei muito do atendimento rápido e sem complicações!!!
  • Matheus chagas
  • 10/07/2019
Avaliado como Positivo
Comprei medicamento de alto custo e chegou muito rápido e em perfeitas condições. Recomendo a IntegralMed empresa seria e capacitada para trabalhar com esses tipos de remédios.